Nutriex Profissional

Blog Teste

Saiba como ajudar em tempos de coronavírus

O novo coronavírus tem transformado o mundo de várias formas. Enquanto o isolamento social é uma realidade para diversas pessoas, em especial àquelas do grupo de risco, outras precisam continuar a rotina, tomando, claro as devidas precauções.
Nesse tempo em que precisamos cuidar uns dos outros, a solidariedade aflorou! Prova disso está na corrente do bem, adotada por pessoas de várias partes do mundo.

A ideia consiste na eficaz política da boa vizinhança, um pouco esquecida na correria do dia a dia. Isso significa que muita gente tem encontrada uma forma de ajudar o próximo com simples gestos. Por exemplo, em condomínios de casas e prédios, há recados espalhados de pessoas mais jovens oferecendo seus serviços àquelas no grupo de risco, como ir ao supermercado, correios ou farmácias.

Vários famosos também se uniram para ajudar como podem, fazendo doações de verba ao incentivo da pesquisa; de matérias hospitalares; e mesmo fazendo lives para levantar fundos às instituições carentes, ou então compartilhando seu talento, como muitos cantores tem feito.

Se você também quer ajudar, mas não sabe o que fazer, separamos alguns caminhos que pode seguir!

1 – Acolhimento

Se você tem algum cantinho de terra mais afastado da cidade, chame seus pais, avós, tios e os parentes ou amigos do grupo de risco para passarem um tempo lá. Aproveitar o tempo em família e ainda curtir a natureza.

2 – Doações

São inúmeras opções de doações possíveis, o que não falta são ONGs tentando fazer a diferença. No Rio de Janeiro, por exemplo, o Projeto Ruas criou a campanha #popruaeumeimporto, com o intuito de orientar a população no auxílio aos moradores de rua. Um dos objetivos da associação é montar kits com itens de higiene pessoal e alimentação.
Saiba como ajudar aqui.

3 – Financiamento coletivo

Nem todo mundo tem condições de doar grande quantidade de dinheiro, mas juntos, somos capazes de transformar pequenas quantias. Por isso, algumas pessoas iniciaram projetos de financiamento coletivo em diversas cidades para ajudar famílias impossibilitadas de irem às ruas trabalhar, às instituições de saúde e de apoio a cidadãos carentes.
Procure procurar por elas no Vakinha, onde há uma sessão especial em combate ao coronavírus.

4 – Alimentação

Caso você seja o dono de restaurante ou lanchonete, pode ajudar na alimentação das pessoas que não podem parar o trabalhar. Pelo país afora, alguns lugares tem distribuído marmitas à caminhoneiros, já que os restaurantes pelas estradas estão fechados; e aos profissionais da saúde, cujo intenso trabalho muitas vezes não permitem sequer uma pausa para o lanche.

5 – Seja você a diferença!

Se por algum motivo você esteja impossibilitado de ajudar pelas formas citadas a cima, ainda há opções. Olha ao redor, veja se algum idoso precisa de algum auxílio, seja para ir à farmácia, ao supermercado ou mesmo entregar recado. Outra ação que tem recebido destaque são pessoas que fazem pedidos por aplicativos de delivery e informa ao entregador que o lanche, na verdade, é para ele. Pois, assim como tantos outros exemplos de trabalhadores, eles também não pararam. Sua atitude importa, por isso, seja a diferença!

VOLTAR